Saturday, December 6, 2008

A mudança


O que é a mudança?
A mudança é algo que nos faz rumar outros caminhos. Não surge de imediato. Tal como eu neste blog, primeiro mudei o aspecto geral do blog (novas cores), em seguida escrevi o título deste post, e passados alguns dias escrevo o texto.
A mudança começa primeiro por dentro, desejo de transpor algo diferente, mas que já existia em nós mas que desconhecíamos. Há uma transformação de um gesto, de um caminho, que deixa de ser "um" e passa a ser "outro", nada se perde e tudo ganha mais sentido.
Mudar de vida, mudar de casa, mudar qualquer coisa implica esforço de cada um. Ao sermos tocados no íntimo de nós próprios ficamos sem saber o que fazer de imediato. Eu fui tocado bem cá dentro e queria dizê-lo e não conseguia, mas consegui mudar o aspecto do blog e escrever um título!
O "regresso a casa" por vezes implica uma mudança não apenas porque se regressa, mas pelo passo a seguir que é preciso tomar. A minha mudança passa por mudar um grãozinho todos os dias do lugar, mudar pouco a pouco o que há em mim que necessita de mudança. Como aprendi no Convívio Fraterno 1077, quero fazer com que os pequenos gestos transformem um pouco os outros que me estão próximos/que me irei aproximar.
Vale a pena a mudança? Sim, vale muita a pena. Deus convida-nos sempre para uma mudança todos os dias, e é sempre a mesma - A mudança para o amor. Essa convite a mudar para/no amor é que pode ser feita de diversas formas, mas é o mesmo convite todos os dias. Hoje queres amar? Já pensaste que devias mudar?
A mudança leva o seu tempo, mas nós temos de impor mais velocidade à mudança, mas em simultâneo respeita-la. Se for necessário "trocarmos os relógios" em que eu percebo o tempo da mudança e a mudança percebe o meu tempo.
Estou a mudar e irei mudar continuamente.
Também o peixe da imagem muda de vida para uma em que tem mais vida, mais oxigénio que lhe permite viver melhor!
Quero mudar algo em ti, será que posso? Aceitas mudar o teu caminho por um outro que ainda não tinhas pensado mas que já existe e está à tua espera?

O Caminhante

4 comments:

Anonymous said...

(o post do título)

Nem sempre é fácil dar forma às palavras que já trazemos dentro de nós...
Não, nem sempre é fácil descrever a mudança que vivemos. Gostei do pormenor da expressão no singular. Na vida não passamos por várias mudanças, mas mudamo-nos continuamente. Um caminho, uma mudança. A mudança.

Não vou dizer mais nada, primeiro porque é só a minha impressão (sobre o meu caminho) e ainda irás escrever a tua :) depois... Nem sempre é fácil dar forma às palavras que já trazemos dentro de nós...

Rita

Catarina said...

Simplesmente: mudar é possível...

Tó Lebre said...

Amigo Diogo,
Parabéns pelo blog!
Gostei bastante de ler o teu texto e, já agora, a oração de Natal que fizeste.
Estás no bom caminho ;)
Um abraço fraterno,
Tó Lebre

JotA said...

sim, mudar é preciso!
mudei, mudarei, mudar sempre...